31.12.12

Harmonia, 2013, ano novo de novo!



Boa noite, boa vida, boa alegria!
2012 acabando [oh ano surpreendente], 2013 começando e muita coisa no ar, muita coisa certa, muita coisa por vir, muita coisa boooa pra lembrar!
Essa virada vai ser diferente, vou passar com uma amiga e com um monte de gente que não conheço, meu gato vai estar trabalhando e só o verei depois da virada [só uma hora depois, ufa.. hahaha], minha família dividida [parte em Bauru e parte em Curitiba], amigos longe... mas sabe, é só mais uma noite. Sei que tem um clima diferente, energias diferentes, é bom estar com todos que gostamos e amamos, mas isso chega quase a ser impossível no meu caso. Cada um de um lado do mapa, só com milagre ou alguns milhares de reais pra conseguir juntar todos que gostaria e olha lá, ainda teria que contar com a vontade de todos. Mas ok, quem recusa passar o ano novo na praia com quem te ama? rsrs...
É uma virada diferente pra um ano completamente diferente. Ano que tranquei a faculdade, mudei de cidade, encontrei um amor forte que nem sei descrever, conheci outras culturas, outras pessoas, algumas gostei, outras amei. A vida me foi muito generosa esse ano.
Comei a ler um livro esses dias e alguns pensamentos eu já consegui modificar. Pergunta: você quer equilíbrio? Amar loucamente permite equilíbrio? Se entregar sem medo é uma atitude equilibrada? As coisas equilibradas possuem paixão? Mais perguntas: Você trocaria equilíbrio por harmonia? Amar loucamente não é algo equilibrado, mas harmonia e amor podem coexistir. Eu me entrego porque não gosto de nada pela metade. Uma entrega de alma se harmoniza com os desejos do coração, não permite medo, desperta confiança. Harmonia é a combinação perfeita de tudo, seja na música, seja na vida. Depois de ler um pouco o equilíbrio me pareceu monótono e muitas vezes impossível. Talvez porque eu não seja muito equilibrada [admito] e seja mais fácil pra mim pensar em harmonia do que no tal equilíbrio, talvez. Mas pensar em harmonia me faz bem e me faz querer isso para o próximo ano. Harmonia pra mim, você, pra todos.
Tive tantos dias lindos esse ano, tantos momentos inesquecíveis. Os probleminhas sempre aparecem, mas eles jamais serão maiores que as boas dádivas de Deus em minha vida. Graças a Ele, ao próprio Deus! As escolhas que fiz esse ano me causaram algumas dores no coração: saudades. Mas ter saudade é sinal de amor no coração. E fico feliz com a constatação que amor não falta aqui dentro de mim, porque saudade, noooossa! hahahah.. tem muita mesmo. E a vida vai indo pra mais um ano novo, de novo, ano novo! Que seja um espetáculo, que seja radiante, que o amor prevaleça sempre e nunca esqueçamos disso. Que possamos ser mais amigos, mais confiantes em nós mesmos, mais despertos, mais abertos, mais companheiros, melhores cozinheiros ou degustadores, melhores estudantes, melhores pais, melhores filhos, pessoas melhores, mais sorrisos, mais lágrimas de alegria, mais ombro pra consolar, mais abraços à dar, mais amor, mais harmonia.
Bjonnn especial à família [saudade³²¹³¹³], amigos queridos [saudade³²¹³¹³], ao meu amor Andres [que não vejo a hora de encher de beijos daqui a pouco], aos meus gatinhos que não vão ler [me arranhem menos em 2013], e ao leitor que chega até aqui.
É tudo questão de tempo, então não o desperdice! Feliz Ano Novo, de novo e de novo...

Thais

13.12.12

Detalhes


A vida é tão detalhista, ou melhor, dela são os pequenos detalhes que fazem muita diferença. Já reparou? O que importa dela é tão simples, pequeno diante da imensidão e vastas opções deste mundo. O mundo hoje "te dá" muitas opções, muitos estilos e padrões a seguir... mas o que realmente importa? O que é vida pra você? Se formos colocar em palavra, provavelmente uma só palavra não dê, a não ser que seja a própria palavra "vida".
Distância e saudade nos ajudam a dar valor aos detalhes. Com você ainda não aconteceu isso? Aguarde, provavelmente acontecerá. Se temos sorte de ter uma Família com F maiúsculo, os detalhes são ainda mais mais claros e sinceros. Tudo primeiramente vai acontecer por escolha - SUA. Quando você não está mais perto de pessoas queridas, porque fez escolhas que te levaram à caminhos distantes - você quer conhecer outras coisas, quer "ver o mundo com os próprios olhos", quer aventura, tentar por si só, viver a vida do seu jeito - essas escolhas requerem alguns sacrifícios. E viver é uma escolha diária, cedo ou tarde você começa a escolher por si só. Ou você vive, ou faz de conta que vive. Você vive, ou se faz de morto. Você vive a sua escolha ou vai levando do jeito que acham melhor pra você. Mas aí você escolhe viver do seu jeito, onde quer, longe de "casa" há muito mais que uma semana. E então a distância gera saudade, e saudade te faz lembrar de mínimos detalhes. Lindos detalhes. Simples.
Já se pegou pensando em algum momento bem fraterno estando longe de "casa"? Por exemplo, lembrou do aniversário do irmão mais novo, ou de alguma tia.A família está ali reunida - toda ou boa parte dela - e então os olhares em meio à tudo o que acontece se cruzam e você pode sentir o bem querer das pessoas? Você vê a felicidade no olhar de um pai ou de uma mãe por ter seus filhos ali, compartilhando momentos que servirão pra nos dar forças quando você estiver longe e a saudade bater. Ao menos servem pra mim.
Vira e mexe me pego lembrando de um abraço, de uma conversa, de todo mundo se juntar pra uma foto que mais marcada fica na memória da cabeça do que em qualquer outro lugar. Você consegue se lembrar de momentos assim na sua vida? De amor declarado nos olhos, sem palavras? Não falo de amor homem mulher, porque nisso a gente pode se enganar muito. Mas falo de família, irmãos, pais, tias, primos...
A verdade é que estou morrendo de saudade de muita gente importante na minha vida. E você que tem essas pessoas presentes ao seu lado, compartilhe amor sem pensar duas vezes. Aproveite seus momentos!