23.3.16

É o fim

Se não começou a ler, indico:



Mas já que você insiste, suerte!
Nos últimos dias (semanas e meses também), venho me deparando com diversas situações que me levam a uma conclusão: é o fim. Isso em âmbito pessoal, interpessoal e mundial, tudo variando entre tudo que chega a mim no dia a dia e em meio a tudo que faço do meu dia a dia. O fim da vergonha na cara, o fim dessa era mamão com açúcar fingida (oba!), o fim do tempo livre e de perder tempo, o fim de minha vida sussa de não-mãe, o fim de "não ter o que fazer", o fim do racionalismo separado do sentimentalismo (de repente todo mundo é um apaixonado louco passional político por seu país e está disposto a matar virtualmente seus amiguinhos de facebook/twitter/etc...), fim do respeita minhas ideias e não me torra.

É o fim de tanta coisa, mas depois do fim sempre estão os novos começos. Agora que está tudo chegando ao fim, o que você pretende começar?

Sinceramente, estou com preguiça da vida virtual, pois muitos, muitos mesmo parecem babaquizados nas convulsões políticas (até eu em algum momento ou outro me exaltei e me apeguei a algum lado dessa guerra que estão querendo armar, mas não é o melhor a se fazer no momento). Montaram dois times pra uma luta de vida ou morte - é tanto drama! Tanto drama! Esquecem do principal: todos devemos lutar/votar/reivindicar o bem para a nação como um todo. Não estou nenhum ai pra nenhum partido político em específico, estou cagando e andando se você ama PT ou PSDB (a principal batalha da história política patética brasileira) ou qualquer outro partido. Só quero justiça para todos, todos independente de seus partidos. Fodam-se todos. Fodam-se os partidos, os corruptos e foda-se também todo esse pessoal ixxxxperto que fica beijando e se agarrando (só falta fazer um filho) com qualquer bandeira e causa sem saber da missa um terço, se fechando em um único pensamento e se alienando de possíveis (e com certeza vindouras) mudanças em todo esse cenário! De repente a política parece a religião dos tolos sabe-tudo que fanatiza e cega.

foda-se em desfile de carro aberto

Muita água vai passar debaixo dessa ponte e vou ver muita gente com suas "verdades" sendo confrontadas com provas e provas de crimes políticos. Isso pra tudo quanto é lado. Não quero nem ver a reação. Mas desejo que todos abram suas mentes para tudo que virá nos próximos capítulos, e parem de se colocar uns contra os outros quando na verdade deve ser o povo todo unido (povo ryco e fyno e povo pão com mortadela, que no fim vira tudo a mesma coisa apodrecendo debaixo dessa terra depois que morre), cobrando transparência dos fatos e limpeza geral na política para podermos pensar em construir uma nova base política para essa nação reviver no tal âmbito. Aí, quando a faxina terminar, pode voltar todo mundo a seguir em defesa de seus próprios interesses (pq sim, "ryco e pobry" pensa e quer coisas diferentonas uns dos outros). Não adianta! Adoraria que tudo fosse na mesma medida pra todo mundo, mas você já viu algum partido realmente defender e ir atrás de causas gerais para a nação? Não! Sempre se apegam ou no discurso ganha ryco ou ganha pobry, ou no discurso do crentchy (do rabo quentchyyyy), e os mais moderninhos no discurso do gay, ou do negro, ou da mulher lutando por seus direitos (os partidos que defendem as minorias e cia). Ou seja, cada um pensa numa parcela da população, sendo ela grande ou pequena.. e ninguém ou quase ninguém defende o todo.

Se eu fosse homem, estaria com hérnias no saco (cuidado - imagens fortes para homens desavisados). Melhor forma de ilustrar que estaria de saco cheio de tanta chatice que tenho a oportunidade de ler (e as vezes leio na bosta do Facebook), cansei. Como sou uma mulher grávida no momento, não gastarei nisso minhas energias. Tenho que parir daqui uns dias! hahahaha.. mas já fica aqui registrado pra hoje e pra posteridade (pq eu adoro rir hoje do que escrevia no passado e assim vai continuar sendo).


É o fim.. o fim da picada as pessoas esquecerem de viver a vida com plenitude - coisa que aprendi a pouco tempo, então por algumas semanas até esqueço de como se faz e depois reaprendo e assim vai... É o fim da picada tanta coisa que eu poderia listar. Mas isso tudo lendo tanta coisa nessa vitrine do inferno que virou a internet. Aí minha mente já acusa, meu dedo indicador já aponta e acusa... mas tenho outros 3 dedos apontados bem na minha direção quando assim o faço - ASSIM COMO TODOS VOCÊS! Então vamos acordar galera... é o meu conselho (que não deve ser tão bom, senão estaria ganhando $ ou alguma coisa melhor que $ pra dá-lo).

Se é o fim é o fim, mas nós mesmos podemos escolher botar fim nessa fase e começar outra melhor! Por mim pode ser o fim de qualquer coisa, que estou pronta pra começar outra em seguida. Já não há mais tempo pra lamentações.

Voto pelo fim da era mamão com açúcar de fingimento, pq nooooossa, é tanta máscara pra fazer social nessa porra de vida que está dando enjoo. Viva a opção "parar de seguir".

Agora só precisava de uma amiga sincera (em extinção e coisa das antigas) pra me mandar um:



E eu ficaria bem de boas:



 Bjonnnns!

Obs.: usei e abusei da lista de memes do M de Mulher:  62 memes que você precisa ter na manga em uma discussão no Facebook - O conteúdo é pra ajudar a zoeira never ends continuar! Pra sempre!

4.3.16

Fevereiro passou num piscar...

Atualizando meu "diário online"! hahahaha.. Vocês se lembram quando blog era um tipo de diário online? Gostava tanto disso! :D

Pança - gestação - prepatativos para o Parto - Sean!  - Uma das últimas consultas do pré-natal aqui em Paraty e está tudo lindooooooooooooooooooo! 33 semanas e 1 dia em perfeitas condições!



foto da semana passada - 32 semanas
Não estou com medo do parto - que se Deus quiser vai ser natural, normal e humanizado (estou me preparando pra isso)! O Sean já está com a cabecinha virada para os países baixos! hauhauahuaha... meu peso ok, bebê bate coração lindo ok! Nos próximos dias um último ultrasson e logo pegamos estrada (destino: Bauru, a Springfield brasileira).

Não bateu a ansiedade louca que tanto ouço e me perguntam: mas vc não está ansiosa? Não gente, não tanto quanto vocês. Estou realmente tranquila, não sei se isso irá mudar nas próximas semanas (o parto geralmente pode ocorrer a qualquer momento a partir de 38 semanas - vai depender do Sean). Mas não me cobrem ansiedade, isso não beneficia ninguém em nada. Estou até mesmo surpresa com essa minha calmaria toda, pois sempre fui muito ansiosa com tudo (trabalho, estudo, corre daqui e corre de lá, querer tudo e fazer tudo pra ontem), mas essa minha regra psicológica de levar a vida está em excessão no fator parir. "TODOS COMEMORA"!


Para as próximas 2 semanas estou com muito o que fazer, arrumar as coisas aqui em casa para poder viajar - no retorno o Sean já vem no colo. Lavar roupinhas, ver exatamente o que ainda está faltando no tal famoso enxoval, colocar no papel o Plano de Parto (achei modelos ótimos na internet - quem tiver interesse, me escreve e envio) pois não vão fazer o que bem quiserem comigo na maternidade!!! Li muito, pesquisei muito, e a enfermeira obstétrica que me acompanha (Jeniffer) ela é o máximo e me acolheu muito bem desde o primeiro momento que iniciei o pré-natal e expus o interesse em parto humanizado natural e normal. Depois escrevo um post sobre o plano de parto e minhas escolhas com a explicação de cada item, pois realmente a desinformação é o maior inimigo de uma gestante. Bom, também essa semana (ontem) comecei alguns exercícios na bola de pilates para já ir preparando o assoalho pélvico, e ainda vou iniciar as massagens na região do períneo entre hoje e amanhã. Eu ouvia falar dessa massagem, mas realmente não tinha ideia de como fazê-la. A Jenni me explicou e é simples! Ainda consigo fazer sozinha, mas para quando a barriga está absurdamente grande e vc não consegue alcançar a região pode pedir ao seu parceiro para ajudar, ou alguém em que vc deposite essa confiaça (mãe, irmã, até amiga se tiver, ou a prima enfermeira - tenho uma e lá em Bauru vou pedir ajuda se não alcançar a área que fica entre a perseguida e o fiofô! kkkkkkkkkk).O que me foi recomendado é fazer 2x ao dia, por isso seria interessante alguém próximo de você, para que não precise se deslocar tal... mas já ouvi falar de fisioterapeutas ou doulas que podem auxiliar nisso também.


***


Sobre outra coisa agora... SIQX lingerie - e o ateliê. Gente, umas duas semanas atrás inaugurei com uma amiga um espaço que é nosso ateliê (cada uma com seu trabalho individual, uma espécie de espaço coworking de apenas 2 pessoas). E tive a experiência de um primeiro bazar, onde apresentei cerca de 5 peças de autoria própria (modelagem, confecção e tudo mais) e foi sucesso. Não tinha grande quantidade para venda pois realmente sozinha e com esse baita barrigão as coisas não rendem tanto quanto o desejado, mas o que tinha foi vendido, recebi encomendas, pedidos, elogios e todo o carinho do mundo das amigas e pessoas que conheci no "evento". Com certeza deu um gás a mais e serviu pra sinalizar que estou no caminho certo. Fiquei muito feliz com o resultado, não poderia ter sido melhor, fui surpreendida. Conjuntos da SIQX estão na França neste exato momento pra vocês terem ideia, recebendo elogios que eu nem imaginava. :D

SIQX Lingerie - Modelo: Liz Cergatti - Foto: Moskow
SIQX Lingerie - Modelo: Liz Cergatti - Foto: Moskow
Também ocorreu algo muito bacana, uma parceria com um fotográfo que conheci recentemente: Moskow, e a musa Liz CeregattiUsaram algumas peças SIQX para um ensaio sensual de muito bom gosto (sexy sem ser vulgar) e com muita atitude. Não tenho todas as fotos ainda, apenas as duas que posto agora para vocês. Mas acredite, as melhores fotos estão por vir. O trabalho do Moskow foi incrível e ver minhas peças brilhando em cena no corpo da linda Liz Ceregatti (linda e cheia de atitude gente, ela tem muito poder naquele olhar), me fez ainda mais convicta de um futuro de sucesso para a SIQX. Estou de fato ansiosa para as próximas etapas nessa empreitada que vai fica um pouco de lado agora, mas é latente em meu coração o desejo de fazer acontecer!



***

AMOR- daqui 10 dias é aniversário do meu lindo, lindo, lindo Andres! Vai ter festa da boa! :D Como eu amo esse piá (Homem, com H maiúsculo, falo piá de forma carinhosa)!



E no mais, muita coisa mais pra fazer, mas que terá que esperar o retorno desse período que será de muita entrega ao momento da chegada, recepção e primeiros cuidados do nosso baby Sean! Será tudo exclusivamente família: bebê, mamãe e papai. Acho que vai ser lindoooo!


Bjonnnnnnnnnnnnnnnnnnnns!

19.1.16

Mudanças - Você começa ou a vida se encarrega

thaissiqueira mudanças vida
Você é daqueles que gosta de chuva, mas quando chove sai correndo procurar abrigo?


Tem vezes que queremos mudar as coisas, queremos mudar da água pro vinho ou do vinho pra água. Radicalmente, totalmente, completamente. Mas no fundo você sabe que não se muda tudo de uma hora pra outra. Talvez algumas coisas superficiais como cor do cabelo, etc... Mas coisas realmente importantes e significativas são um tanto quanto diferentes.
Um dos primeiros sintomas de mudança é na vontade de mudar, daí vem a mudança na mente, na forma de encarar, pensar. Você sente o desejo, você arquiteta na mente umas coisas e outras, você deseja ser ou ter coisas diferentes. Algo bom que tenho para contar é que quase tudo pode mudar e se transformar, inclusive você.
Depois da ideia/desejo/inspiração se parte para a ação. Agir de modo que permita as coisas mudarem. Você quer a mudança, quer atrair todas aquelas coisas novas para você, quer ser novo em algum aspecto. Você deve agir para isso. Seja acordando mais cedo, seja forçando cada dia um pouco mais os seus limites, seja dando bom dia com um sorriso e engolindo a tpm fora de época (mal humor mesmo sem tpm - Haaa!), seja trabalhando um pouco mais, seja não trabalhando tanto e dedicando tempo ao que gosta, seja dedicando tempo para descobrir o que você realmente gosta. Seja você se conhecendo de maneiras diversas! Seja o que for, permitindo você mudar, expandir.
Mas claro, no meio do caminho coisas podem surgir. A cada onda contra esse seu desejo de mudança você tem que ser forte. Uma vez ou outra você pode se deixar vencer por um pensamento vicioso antigo, um comportamento que parece enraizado nos seus atos cotidianos desde que isso não crie raízes e que seja temporário. Mas deu um passo para trás? Não tem problema, se empenhe em dar muitos mais passos à frente. Você já sabe o que deve fazer, já sabe como pensar e agir para "mudar". Se não sabe, entre novamente naquela fase de descoberta de si mesmo.
A mente humana é um labirinto maravilhoso. Não é tão bom, mas às vezes precisamos nos sentir o pior dos piores, pra num outro dia não ser assim. Sentir dor, pra lembrar de como é bom não sentir. Ficar doente, pra quando ficar bem agradecer. Na real não precisamos de um extremo para valorizar o outro, mas tem gente que só funciona assim. Também tem gente que só precisa entender isso pra não esperar a vida passar, a saúde passar, a "juventude"passar para então perceber e aproveitar.
O presente é um presente, o futuro é com você. Tanto acomodar-se ou mudar depende tão somente de si mesmo, como viver ou morrer em vida. Concluiu as mudanças que queria? Valorize o que conquistou. Tem um dia daqueles? Foda-se, todos temos um dia daqueles vez ou outra. Mas não jogue tudo ralo abaixo por isso. O importante é não desistir. Suas conquistas são só suas, sejam elas quais forem... um diploma, uma viagem, um bem material, um amor, uma mudança de vida, o trabalho dos seus sonhos (que nem chama de trabalho então).
As mudanças são pra quem tem coragem, valorizar o que tem é pra quem tem coragem, a vida é para quem tem coragem. E se você por conta própria não mudar, a vida o fará por você. 

O segredo é: desfrute o caminho, leve tudo como aprendizado, e seja feliz!

Bjonssss!

Thais Siqueira

31.12.15

Retrospectiva 2015 - que ano!

Ma oeeeeeeeeeeeee..
Recebi o desafio ontem a noite, num grupo de amigas (mimimis especiais) no whatsapp e ele é bem simples: 

2015 em um momento alto, um momento baixo, 
um filme, uma música, uma pessoa

O momento alto foi o dia em que me descobri grávida (24/08)! Foi um redemoinho, um furacão de sensações. Num primeiro momento ao olhar aquele teste de gravidez pensei comigo mesma que "estava ferrada, o mundo acabou, a casa caiu, acabou a brincadeira, parou a palhaçada". Fiquei mais de uma hora sentada diante do teste, chorando, em choque. Quando o Andres chegou em casa já fui logo falando e ele me deu o apoio que se espera de alguém que te ama. Então me senti melhor e comecei a ver que nada tinha acabado e sim muita coisa começava a partir daquele momento. Essa notícia não é facilmente digerida ou aceita quando não se é planejado. Pensava em ter filhos depois dos 30 - daqui uns 2 anos estaria ótimo. Mas naquele momento havia pedido a conta do trabalho e estava no final do aviso prévio - estava com tantos e tantos planos diferentes. Nada incluia ter que um bebê. Confesso: demorei uns 3 meses pra aceitar a situação de verdade. Tudo começou a mudar quando comecei a sentir essa nova vida se mexendo aqui dentro de mim, o meu menino (descobrimos o sexo dia 04/12).

O momento baixo, posso direcionar a aturar os meus hormônios? hahaha.. não foi um momento em si, mas os dias em que me senti muito, muito, muito triste e ainda sem saber o que fazer com relação a gravidez, a um bebê, e acho que tudo que interfere na maternidade na vida de uma mulher. Não sou mais nenhuma criança e hoje vejo que o tempo está perfeito (28 anos) para ter um filho. Mas tudo muda muda tudo, tudo mesmo. Eu fiquei uns 2 meses com certeza num estado de leve depressão, ai quando o Sean começou a mexer na minha pancinha eu dei uma melhorada rápida no humor. Porém uns dias depois eu voltei a ficar mal e já não sentia o bebê mexer. Fui pesquisar e encontrei estudos que apontam que de fato quando a mãe não está bem, o bebê costuma não se manifestar muito. E o mais preocupante: quando a mãe tem depressão (leve, média, aguda, não importa), isso influencia até mesmo o desenvolvimento do bebê e até mesmo traços de sua personalidade a serem desenvolvidos em sua vida pós útero (aqui no mundo externo). Então eu tratei de me animar, de não me permitir abater. Claro que na prática requer esforço e nem todo dia é 100% alegria - não mesmo. Mas vem dando certo nos últimos dois meses (novembro e dezembro)!

Filme: Desculpe, mas o que mais me impressionou foi "A Entidade"! hahaha.. filme de terror e cara, muito bom! Fazia anos que não assistia algo assustador de verdade. Como sou fã de filmes do gênero e nada novo em outro gênero me chamou muita a atenção, o prêmio vai para este! Assitam e se borrem! kkkkkkkkkkkkk.. #adoro

Música: Ed Sheeran - Photograph
Ouvi essa música e assisti esse clipe quando já sabia que estava grávida e não teve como não ficar com ela na cabeça a todo momento (até hoje)... O Sean já mora no meu coração e acredito que em tudo que faço já levo em consideração a existência dele aqui comigo. Esse clipe é tão lindo e fala desse amor do autor pela família. Mostra várias fases de seu crescimento até a vida adulta e por mais longe que ele chegue ele ainda vai voltar pra casa, ele não esquece de casa. É algo que tipo, nossa, não consigo imaginar a alegria da mãe dele ao ver isso, que pra mim parece ser uma bela homenagem! É uma música linda, linda, linda! E esse clipe é puro amor, assite aí! <3 p="">




Pessoa: Andres, sem dúvida! ... ano que vem é o ano do Sean! hahahaha...
Ele tem sido o meu companheiro de vida nos últimos anos. E não poderia querer mais que ele, porque ele já é tudo e mais do que preciso, com certeza bem mais! Relacionamentos são construídos no dia a dia e desde 2012 estamos nessa e acredito que o conseguimos foi uma relação de muito amor e confiança. Hoje eu posso dizer que não trocaria por nada e por ninguém. Quando começamos a morar juntos, certa vez perguntei a ele "Por que você me ama?" - aquele mimimi de mulher que adora ouvir coisas românticas - e confesso que não fiquei muito contente com a resposta. hahahaha.. imatura eu! Ele me disse que foi porque escolheu me amar. Naquela altura eu não conseguia compreender o que é "escolher amar". Estavamos apaixonados e começamos a morar juntos tão rapidamente, foi um sentimento de querer estar junto como nunca tinha sentido antes. Mas alguém tinha que ser mais pé no chão, no caso ele, caso contrário não duraria. Depois de um tempo comecei a compreender o que ele queria dizer com "escolhi te amar" e esse foi um dos maiores presentes que alguém poderia me dar, escolher me amar como sou. Paixão é bom demais, mas sei que ela não estará presente todos os dias em nossa vida como casal. É preciso ter algo que seja consistente em todos os momentos de um casal, com paixão ou não, algo precisa estar na base. Algo que seja forte e crie os laços. E amor você escolhe. A paixão te flecha, a paixão te acelera o coração em alguns momentos, a paixão te deixa bobo. Mas o amor você escolhe plantar com cada ação de cuidado, de carinho, de atenção, de apoio, de crítica construtiva, de ombro para amaparar, de mão para segurar, de abraço para aquecer. O amor não quer nada além do bem do amado. O amor te deixa alerta, o amor traz consciência, o amor traz intimidade de verdade, o amor de verdade te dá liberdade. O amor é muito diferente da paixão. Ele escolheu me amar, e todos os nossos dias ele semeia este amor. Ele é o racional da relação, pois não cai nas minhas armadilhas passionais de pequenos atritos cotidianos - em outras palavras ele não cai na minha de brigar por pouca coisa - e quando percebi isso, a grandeza dessa sabedoria no comportamento dele, entendi e aprendi com ele a ser assim (tenho tentado). Ele tem esse título de pessoa de 2015, e ainda em tempo pois não dei esse título a ninguém nos anos anteriores, ele é a pessoa de 2014, 2013 e 2012 também! Uma declaração: amo amar você, meu azulzinho. Nós nos apaixonamos! E nós nos escolhemos. Obrigada por ter me escolhido para ser seu amor. Obrigada pelo nosso baby que está vindo e eu espero que ele seja igual a você!


O primeiro ultrasson do nosso Sean <3 td="">


Escrevi demais - ainda que tentando economizar nas palavras - para um desafio tão simples! hehehe.. mas meu amor está demais mesmo!
Bjonnnnnnnnnnnnnnnns!
Até ano que vem!

23.9.15

Traçando metas e aceitando o meu próprio desafio

Olá pessoas, boa noite! :D

Para resumir meu último mês, ele foi de muitos altos e baixos hormonais (pois descobri que estou grávida no último dia 24), e muitos e muitos altos na minha vida.

Descobrir-se grávida quando se tinha uma série de planos que não incluíam um baby pelos próximos dois anos (no mínimo) é um tanto quanto conturbado. Mas coloquei na balança e vi que é a hora certa, o momento certo, o namorido certo para ser o melhor pai do mundo e tudo certo. Confesso que no momento que descobri chorei e pensei: acabou minha vida! Confesso... pois realmente se você for pensar a sua vida individual e centralizada apenas em seus próprios anseios e desejos realmente já passa a não existir. A partir do momento em que uma mulher se descobre mãe, acredito que ela passa a ser outra mulher. A vida muda e muda para melhor (só depende de você). Mas logo que contei para o Andres (que já estava querendo um filho) e vi a felicidade dele, depois contamos aos nossos pais e familiares e todos estão mega felizes, e depois de quase uma semana entre choros e risos (hormônios), digeri melhor a ideia (que é na verdade a minha atual realidade) e não só aceitei como estou amando a minha realidade.

Agora te falar, ser mãe é um desprendimento total já desde o momento do pré-natal. Haja agulhas, coleta de exames, vitaminas que você tem que tomar para a boa formação e desenvolvimento do feto (ácido fólico, ferro.. por enquanto), cuidar da alimentação (pois agora se você vacilar não é apenas com você, é com seu tesooouro também), enjoos, prisão de ventre, sono, sono, sono, cansaço e sono, sono, sono. A pior pra mim tem sido os comprimidos (ácido fólico e ferro) que tomo na parte da manhã e almoço. Me embrulham o estomago totalmente, mas não posso me permitir vomitar né... são as vitaminas que vão para o baby! Já de manhã eu tenho acordado com ânsias e não como nada até umas 10h - isso é quase todos os dias. Hoje, por exemplo, acordei enjoada e ok. Esperei para comer só depois desse horário, mas tomei meio copo de água e tcharam.. vomitei o meio copo de água. É inacreditável vomitar água (saudade mesmo é de vomitar de ressaca das bebidas das minhas saidinhassss.. kkkkkkkkkkkk.. mas isso ficou no passado!)...

Além da surpresa do baby, eis que estou tocando um projeto pessoal com a máxima atenção em todos os detalhes. Enfim estou desenvolvendo uma marca de lingerie. SIM! Vou dar asas a minha paixão e imaginação nesta empreitada e pelos resultados que venho tendo nos estudos e desenvolvimento parece ser o melhor momento do mundo para isso. Já era uma vontade antiga, mas sempre que me colocava a pensar na marca, num conceito, no que fazer, tudo parecia ainda crú e imaturo. Sem falar que estava trabalhando - como doida - na área turismo, como 80% das pessoas que vem viver em Paraty acabam fazendo. Graças a Deus consegui voltar meu foco ao meu antigo sonho, que tinha desde os tempos de menina quando ainda trabalhava com minha mãe na confecção dela. Hoje, essa escolha se coloca tão certa que as resposta que me faço como empreendedora e planejadora (além de muitas outras funções - faz tudo define) dessa nova empreitada estão vindo com tamanha facilidade e enfim pareço conseguir enxergar e entender o caminho e onde quero chegar com isso. Em breve terei todas as novidades e detalhes aqui, com certeza. Além, claro, de lingeries maravilhosas!!!! AMO - AMO - AMO - AMO!!!! Que mulher não ama? hahaha..

Então as metas são muitas e os meus planos não vão mudar por um baby chegar, apenas estão se ampliando a um ser maravilhoso pelo qual vou sempre batalhar e almejar fazer o melhor. Agora não só por mim, mas por nós 3 (mãe, pai e baby). Querem inspiração e razão melhor?

Bjonnnnnnnnnnnns (como de costume).

Thais

Uma ilustrção de Marike Koger - ultra sensuality e colorful - para colorir o post :)

6.9.15

Sobre o ônibus Colitur Paraty-Trindade, sobre 15 mortes


Acredito que é natural aos bons de alma se compadecer das tragédias de seu próximo. É natural amar, natural estender a mão, natural oferecer um abraço a quem precisa...
Quando foi que o ser humano perdeu a naturalidade de ser um ser e se tornou um monstro sem sentimentos, sem compaixão, sem bondade e totalmente imparcial com a maldade ou tragédia alheia.
Quando foi que o dinheiro passou a valer mais do que vidas? Quando foi que retrocedemos a tal ponto de ter um coração tão duro como pedra sendo inatingível, ou tão espinhento que sente prazer ao machucar e desferir agressão, agressão e agressão?
Em luto a tragédia de hj - ao acidente em Trindade com o ônibus Colitur - e a tragédia humana que é ver num momento como esse pessoas que fazem piada da dor alheia - vulgo comentários do site onde acompanhei notícias sobre a tagrédia.
Naquele ônibus tinham hóspedes de alguma das 3 pousadas onde trabalhei até exatamente ontem. E a tristeza que sinto é imensa. Imensa. Imensa. Sei que ao menos uma mulher faleceu e era nossa hóspede, ou melhor, da pousada onde trabalhava. E no total já foram registradas 15 mortes e cerca de 50 feridos.
Postei a pouco foto de uma trilha em Trindade de uma das vezes que fui (e adoro ir) e utilizei exatamente o mesmo serviço de transporte que essas pessoas fatalmente utilizaram hoje. Poderia ser qualquer um de nós, e a qualquer momento. Hoje mesmo acordei com vontade de ir a praia e poderia ter escolhido Trindade, no ônibus que saiu as 12:20 da rodoviária. Eles escolheram.. muitos não voltaram e não voltarão.
Moradores daqui sabem a precariedade do serviço prestados pela Colitur, apesar do alto valor cobrado pela passagem: os ônibus são em sua maioria velhos, sempre quebram, não respeitam os horários e andam em alta velocidade em qualquer trecho que for e estando lotado ou não - sendo para Trindade, Mambucaba, Paraty Mirim, Penha/Tobogã, Angra dos Reis, etc...  Os motivos que levaram a esse acidente  em questão eu desconheço, mas o descaso que sofrem os que utilizam os serviços da empresa Colitur são totalmente conhecidos pela população. Querem ver as reclamações? Não são de hoje e você pode ver por exemplo nesta página no Facebook criada em junho de 2013: https://pt-br.facebook.com/BastaColiturparaty 
Enfim, o post não é para julgar a empresa, pois tudo ainda será apurado e julgado - ainda que pela nossa falha Justiça. Mas ficam minhas palavras de condolências às vítimas e seus familiares. 
Tragédias podem acontecer em qualquer lugar e a qualquer momento, basta estar no lugar errado, na hora errada. Mas ninguém sai para um passeio, para aproveitar o tão sonhado feriado na praia esperando não voltar. Não julguem as vítimas, pois elas simplesmente tinham muita vontade de viver e era isso que queriam como muitos que viajam nas férias, nos finais de semana, nos feriados, ou quando podem: conhecer novos lugares, ver o mar, estar com a natureza, lavar a alma na água salgada e recarregar as energias para voltar a labuta. Viver eu aposto que era o desejo de 100% de quem estava naquele ônibus.
Doadores de sangue em Paraty, Angra dos Reis e Ubatuba (locais que estão sendo atendidas as vítimas em hospitais), por favor, se mobilizem pois estão precisando. Já estou sabendo que na terça-feira (08/09/15) virá uma unidade móvel do Hemonúcleo de Angra para cá - pois aqui não temos - e farão a coleta. Segue o contato do nosso hospital em Paraty - aliás deplorável hospital - para mais informações: 
Hospital São Pedro de Alcântara - (24) 3371-1377

15.6.15

Pensamento Resgatado




Tão mais fácil se conformar e tão mais fácil seguir o que querem e o que esperam de mim? Depende do que você é. Um homem ou um objeto previsível e manipulável.

Tem gente que quando ouve que queremos mudar só nos falta rogar praga pra que dê tudo errado, de tão negativo que é a recepção da boa nova - boa ao menos pra quem vai mudar buscando algo melhor. Tenho uma profunda vontade de dizer pra esse tipo de gente que tomem bem no meio do orifício anal que possuem, porém, mais educado é fazer uma cara de "fazer o quê?" e pensar consigo mesmo "me aguarde!".

É sempre mais fácil jogar pedras do que ajudar a carregar a cruz, não é?
Então não adianta esperar que essas pessoas tomem consciência do quão negativas são. Raramente isso acontece.

Faça o que você quer fazer para se realizar e não para realizar aos outros.
Um dia você vai poder fazer algo por alguém que ama, alguém que espera algo de você mas que realmente se importa com você e sabe que tudo tem seu tempo. Enquanto isso, corra atrás de seus sonhos.

Não sofra por antecipação (repito isso a mim mesma todos os dias e nem sempre o faço, mas é bom).
Não faça aos outros o que não gostaria que fizessem a você.
Se respeite e respeite aos outros. Cada cabeça uma sentença. Não adianta querer se impor a tudo ou todos, mas saiba viver entre as pessoas sem se deixar apagar por não compartilhar 100% de suas ideais. O mundo hoje é globalização: de vida, de vivência, de pensamentos, de ideias, de realizações. Mas as pessoas não são 100% como você quer e as coisas também não. Globalize o que puder, assim você vai conhecer muito mais do que se fechando. Mas não esqueça que a sua vida deve ter a sua personalidade.

21.6.14

15 anos de AMOR - MAYARA


Posso começar com um acróstico (esse tipo de poesia que se faz com as letras de um nome).
Acho que também é uma das primeiras formas que nós aprendemos à fazer poesia, ainda que instintivamente, mesmo sem nenhuma professora ensinar. Pois o nome dessa pessoa em especial, tema da sua poesia, sempre vai te fazer encher os olhos de brilho, alegria e o coração vai aquecer instantaneamente, é o amor.

Meu anjo, meu amor maior, motivo,
A menina dos meus olhos, presente de Deus
Yes, nós temos você como presente da vida
A garota mais sorridente que conheço, a mais energética que já vi
Raramente não tem nada à dizer, raramente é comum, pois pessoas comuns não tem esse brilho
A minha irmã que tanto me orgulha e que mais que todos, nunca é igual à todos

Especial no sentido de única
Uma luz para qualquer caminho

Ter você na minha vida
Alimentou muitas vezes minha ânsia por uma vida melhor
Mas, mais que isso, me dá a certeza à cada dia: A MINHA IRMÃ É A MELHOR!


Anjo lindo, eu poderia dizer muuuuita coisa, você sabe.
Mas tem coisa que não precisamos falar, nós sabemos mais do que queríamos de nossos próprios dilemas, dificuldades, pontos altos e baixos nesta vida.
Porém, o que importa é que sabemos como é grande esse amor dentro de nossos peito!
Sabemos que independente de tudo, nada pode nos separar, nem mesmo a distância física.
Você mora aqui dentro de mim e sei que tenho meu lugar especial em seu coração.

É tão bom te ver crescer e se tornar uma moça maravilhosa.
Tão bom poder escrever e agora saber que você pode ler e realmente compreender o que está aqui.
Não há a barreira que havia anos atrás, quando vc tinha 6 anos e eu 17.
Você cresceu (mais que todos)! rs
Você é linda como eu sempre soube que seria um dia.
Você é o grande amor da minha vida e isso ninguém tira de você.

Você é minha e eu sou sua.
Irmã, te amo, eternamente!

Feliz aniversário, linda, maravilhosa, jóia rara!
Estarei sempre aqui para você! Te amo!

Thais


15.4.14

SPFW Primavera-Verão 14/15

Dando uma olhada nos desfiles, com minha avaliação totalmente leiga.
 Mas só tomei nota das que mais gostei.
Tenho que eleger uma como favorita como tarefa do curso de desenho de moda. =P
Vou ter que pensar muito ainda!


Lolittta - maravilhosa e quente - sem ser vulgar! Inspiração México. Nota 10!

Lilly Sarti - verão da garota de sp - ameeei! Nota 10.

Adriana Dregeas - moda praia total sensual - ameeeei! Nota 9,5 - umas peças são sensuais demais, conceitual é claro. Não usaria tudo.

Pats Pats - cool - garota californian dreams - nota 9

Lino Villaventura - esvoaçante, confortável - toque oriental - peças muito soltas. Lindas. Nota 9

Têca - muitas formas geométricas, peças com tom étnico. Nota 8

Giuliana Romanno - inspirada em Paraty - minimalista. nota 7,5


no restante eu zzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzz
zzzzzzzzzzzz
zzzzzzzz
zzzzz
zzz
z

Bjons
Thais

31.8.13

the BEST!



Com ela eu já ri tanto, com ela já acalmei meus prantos...
São tantas lembranças e tudo se misturará nesse texto abaixo...

A madrugada era uma criança e fazíamos loooooucuras.
Lembro até hoje da rua que coroamos com um guarda-sol só pro dia nascer feliz - ele estava numa caçamba de entulhos antes de nossos olhos famintos por arte o pegassem. Tiramos até foto da arte e quando dobramos a esquina (uma das muitas do centro de Bauru) passou por nós uma viatura da PM. Ufa... essa foi por pouco. hahaha...

E as tantas vezes que saíamos, bebíamos e dançavamos a madrugada todaaa!! Saíamos pra nos divertir, só amigas, sem querer nada a mais que boa conversa, bons drinks e bons bate-cabelos! hahahaa... A volta pra casa de corujex! hahahaha... E também tantas vezes eu na sua casa e você na minha nas tardes de domingo. Conversar, conversar, conversar e conversar e o assunto nunca acaba. Como isso é bom e como é bom ter isso com você.

No mês de agosto - também mês do seu aniversário - também comemoramos nossa amizade. É, reconheci essa amiga no cursinho do Interativo - ops.. juro que quase escrevi Marcão hahaha... - época maluca e tanta gente de coração grande também me reconheceu. Juliana foi uma delas. Uma das mais especiais. O ano, 2005. Este ano completamos 8 de amizade.

Nós somos bastante diferentes. A Juh é muito mais pé no chão do que eu, muito mais concentrada. Mas nos momentos de descontração - Jesus!!! Obrigada por ter me dado essa amiga - se tem duas coisas que fazemos muito bem juntas é ela fazer palhaçada e eu rir de rolar no chão. Combinamos feito feijão com arroz, somos 1000 no quesito harmonia na palhaçada. hahaha...

A juh me faz sorrir, rir, rolar de rir.. mas também pensar, reconsiderar várias coisas que talvez deixaria passar em branco se não fosse ela falar. Me dá um exemplo lindíssimo de dedicação e de correr atrás do que faz o coração vibrar. A Juh é foda!!! Com todo o perdão da palavra. Mas ok, corrijo: ela é grande - mesmo parecendo pequenininha - ela é guerreira, ela é talentosa, ela é cheia de fé, ela é cheia de esperança. Ela tem qualidades e defeitos como qualquer um, mas nossa, a Juliana é uma guria de ouro. Eu não sei como ela consegue ser tão versátil! hahahahaha... dança como ninguém numa pista de dança, super profissional e responsável no trabalho que for. Tem horas que é dura na queda, séria.. e aí do nada pega ela num momento de descontração e pensa: como ela consegue ser tão comédia assim também? hahaha.. ela é assim e acho que por isso ela me conquistou tanto e pra tantos momentos ela foi essencial na minha vida e que agora me faz tanta falta.

Amiga,  me faltam palavras pra tudo que penso ou que sinto por você e pra tudo que te desejo. Você é a irmã que eu tive... pq adotei!!! rs... é a irmã que eu tenho e até seus pais já toparam me adotar.
Amo muito você, espero que tenha tido um dia lindo. E que esse ano, hummm.. esse ano eu já sei que vai ser um estouro e os próximos ainda mais. Você é um anjo pra mim. Te amo muito! Continue batalhadora, mas pode tirar férias e vir me visitar PELO AMOR DE DEUS! rs....

Sabe que a saudade de ter mais momentos tão bons com você é tanta que chega a me confundir se estou no caminho certo, porque o que é a vida senão estar junto de quem amamos. Mas a vida segue caminhos assim, e tem horas que fica confuso. Queria muito te dar um mega abraço!!! Aíii... fiquei sentimental em excesso no fim do texto. Eu te amo tremmmm!!!

Parabéns aos seus pais pelo conjunto da obra que é você, JULIANA! Te amo! Parabéns!!!